Posts com a Palavra-chave: ‘sentimentos na história’

Sobre o barbarismo epistemológico do passado; a propaganda nazista da Sociedade Colonial Alemã, por Naiara Krachenski

Temos assistido a partir da posse do novo governo a instalação de um regime político que constrói seu núcleo de poder ao redor da criação e divulgação de fake news. Desde propostas mirabolantes que viram chacota em tempo recorde – como defecar em dias alternados para reduzir a poluição ambiental – até a defesa de [...]

Palavras-chave: ,

Peste e intolerância religiosa: o “mal das pintas” e o massacre de Lisboa em 1506 , por Cecília Pilla

Cecília Amorim Pilla Professora de História na PUC-PR No final do século XV e início do XVI a Europa teve picos de pobreza intensa. O ano de 1481 foi marcado por um inverno glacial, neste ano o trigo, base da alimentação de pobres e ricos, subiu 500%. Depois de um frio gélido, vieram chuvas caudalosas, [...]

Palavras-chave: ,

Corrupção, violência e mentira desacreditam a democracia

“A mentira na política” é um artigo de Hannah Arendt, original pelo tema em si (dentre os cientistas sociais que conheço, poucos trabalham o tema da mentira, senão a partir do conceito marxista de ideologia) que procura estabelecer a diferença entre a mentira comum, fruto de nossa hipocrisia atrelada ao medo, e a mentira organizada, [...]

Palavras-chave:

Reflexões sobre o racismo e as eleições; Brasil, 2014

Nunca a campanha foi tão polarizada. Corrosivas críticas em nome da estratégia de desconstrução das candidaturas. Uso de tantas palavras chulas e agressões de lado a lado. Talvez. Um dos motivos pode ser este: as propostas dos três candidatos com maiores chances de vencer na eleição para presidente da República em 2014 eram muito semelhantes. [...]

Palavras-chave: ,

Um ano das jornadas de junho

              Há um ano, olhos cegos para o futuro saíram à rua com vinagre na mochila. A polícia olha, deixa arrastar a cidade nos pés. Apenas um pequeno desespero como se a pessoa estivesse encurralada num beco. 68? Diretas já? “Impeachment” do Collor? Parada “gay”?  Marcha para Jesus? Torcida [...]

Palavras-chave:

A loucura é sempre duas

  Em 1935, os médicos Dr. Shelley e Dr. Watson, que trabalhavam em um hospício de Nyasaland, estudaram dois tipos de delírios esquizofrênicos, o primeiro, do “tipo” europeu, o segundo do “tipo” africano. O primeiro poderia ser assim caracterizado:   Ser um homem muito rico e ter construído o hospício às suas expensas. Céu e [...]

Palavras-chave:

Sentimentos na História, por Maria Luiza Andreazza

“Quem anda em meio à multidão precisa mudar de rumo, cerrar-se os cotovelos, recuar ou avançar, às vezes até sair do caminho reto, segundo aquilo que tope”. Estas palavras de Montaigne, no Livro III dos Ensaios traduzem a complexa imbricação entre o viver social e oviver pessoal. Amiúde,estudiosos das humanidades se veem perante dilemas teórico-metodológicos [...]

Palavras-chave: